Carlinha

2015

7 edson godinho (5)

7 edson godinho (3)7 edson godinho (1) 7 edson godinho (1) 7 edson godinho (2) 7 edson godinho (2) 7 edson godinho (3) 7 edson godinho (4) 7 edson godinho (4) 7 edson godinho (5) 7 edson godinho (6) 7 edson godinho (6) 7 edson godinho (7) 7 edson godinho (8) 7 edson godinho (8) 7 edson godinho (9) 7 edson godinho (9) 7 edson godinho (10) 7 edson godinho (11) 7 edson godinho (12) 7 edson godinho (13) 7 edson godinho (14) 7 edson godinho (15) 7 edson godinho (16) 7 edson godinho (17) 7 edson godinho (18) 7 edson godinho (19) 7 edson godinho (20) 7 edson godinho (21)

Carlinha nasceu em 1993 num parto acidentário durante a ceia de natal. Sua mãe Isidora não sentiu a bolsa estourar, não sentiu sua vagina dilatar e muito menos as contrações. A pequena Carlinha nasceu enquanto sua mãe saboreava uma imensa e suculenta coxa de peru. Isidora que nunca costumava usar calcinhas nem se quer sentiu a pequena sair do seu ventre. A falta da calcinha e a camisola larga que a mãe usava facilitou a chegada ao mundo de Carlinha, que pulou da vagina de Isi, louca de vontade de viver. A família e a própria mãe só se aperceberam do nascimento da criança quando a mesma começou a berrar e chorar. Aí sim Isidra olhou para baixo e viu a quantidade de sangue. De pronto a mulher começou a gritar como uma louca, ensandecida, por pouco não chutou a criança, sua vontade realmente era de chutar o bebe, mas o crucifixo na parede não a permitia. Pobre Carlinha, o pai já bêbado de tantas latas de cerveja teve que cortar o cordão umbilical da filha com uma faca mal amolada. O fez com medo, já que sua esposa gritava.

_ Corta esta merda, não quero ver esta menina pendurada em mim. Corta, caralho!

_Alguém mais quer contar a história de seu nascimento?

Questiona a professora de psicologia. Ninguém responde, alguns fazem cara de assustados, outros nem escutaram e alguns parecem indiferentes. Quando a professora ia voltar ao tema… Antônio, um jovem alto, moreno, de cabelos encaracolados, barbudo e com cara de safado pede a fala.

_ Carlinha, sua vagina é sensível? Você tem prazer? Já chegou a um orgasmo?

 … Continua

"Vivi de carnificina… Pura Carne de Açougue! Fui em busca de Mundos Possíveis. Agora uso o 7 como talismã"!